Eagle DH 69
Matricule-se e veja os vídeos!
Nosso curso de Qual violão comprar? tem 20 aulas e 1 alunos matriculados.

Novidades do curso


                                                                                     Escrito por Weslley Fernandes:

Violão Eagle DH 69

Suas especificações são:

Laterais e fundo: Mahogany (Mogno)
Tampo: Spruce (Abeto ou Pinho)
Braço: Nato (Mogno Oriental)
Escala: Rosewood (Jacarandá)
Trastes: 19 em alpaca
Cores: Natural (NT); Black (BK)
Tarraxas: Douradas com madrepérola
Cordas: Nylon

A marca Eagle é uma das mais conhecidas do território brasileiro, contando com instrumentos de preços razoavelmente acessíveis e qualidade compatível com isso. A marca é do mesmo grupo das guitarras Golden.

O site da marca apresenta fotos bastante fiéis aos instrumentos que encontramos nas lojas, com um acabamento de bom nível e muito interessante aos olhos. Ainda no site da marca encontramos a informação de que o violão tem duas opções de acabamento, sendo em verniz brilhante ou acetinado (fosco).

Seu preço se situa no que poderíamos chamar de segunda faixa de preço do mercado, avançando um pouco em relação aos violões mais baratos. São instrumentos produzidos na China.

O modelo testado é o Eagle DH 69. Um ponto que chama a atenção logo de início é o visual apresentado, o instrumento vem em duas cores diferentes, Natural (NT) e Black (BK).

O violão se manteve razoavelmente bem afinado no momento do teste, com um par de tarraxas douradas que possui pegadores em madrepérola. Para a mão esquerda o violão pareceu confortável, não se fez necessário muito esforço para executar acordes e passagens durante o teste. O braço possui marcações laterais para orientação dos que precisarem, são bolinhas pretas sobre um bonito filete branco que passa nas laterais da escala.

O ponto negativo do teste foi o trastejamento(1) das três cordas agudas a partir da décima segunda casa, demonstrando uma leve desregulagem. Quanto a isso vale ressaltar que o violão possui tensor, que rapidamente resolve tal problema após uma simples regulagem. Vale apontar ainda que os trastes são bastante bem colocados e o resultado geral do braço do violão é bom.

A sua projeção está entre mediana e boa, resultado da tensão(2) e ação(3) das cordas, que estavam baixas e com tensão média. O som do violão é bastante agradável e equilibrado levando em conta seu preço.

Em conclusão, é possível dizer que este violão Eagle é uma opção interessante para aqueles que buscam um primeiro violão razoável, ou ainda para aqueles que já têm um violão mais básico e estão em busca de um segundo violão para evoluírem um pouco a partir da aquisição de instrumentos gradativamente melhores. O grande ponto de destaque é seu acabamento que faz dele um instrumento durável, sendo possivelmente um bom companheiro na evolução do estudante.

Legenda:

(1) - Dizemos que uma corda está trastejando quando ela encosta no traste e faz um barulho metálico e tremido, prejudicando a sonoridade. Violões com ação muito baixa são mais fáceis de tocar mas tem maior possibilidade de trastejamento.

(2) - Tensão é a força que estica as cordas. Quanto maior a tensão, maior a força que estica a corda e maior a firmeza. Um tensão muito alta deixa o violão mais "duro", porém dá mais precisão para o instrumentista.

(3) - Ação é o nome dado para a distância entre as cordas e o braço do violão. Quanto maior a distancia entre as cordas e o braço, maior a ação, e maior a dificuldade para tocar.