Yamaha C 80
Matricule-se e veja os vídeos!
Nosso curso de Qual violão comprar? tem 20 aulas e 1 alunos matriculados.

Novidades do curso


                                                                                     Escrito por Weslley Fernandes:

Violão Yamaha C 80

Suas especificações são:
Laterais e fundo: Natowood (Mogno Oriental)
Tampo: Spruce (Pinho)
Braço: Natowood (Mogno Oriental)
Escala: Rosewood (Jacarandá)
Trastes: 19
Cores: Natural
Tarraxas: Douradas com madrepérola
Cordas: Nylon
Largura da pestana: 52mm

A corporação japonesa Yamaha é a maior fabricante de instrumentos musicais do planeta. Fundada por Torakusu Yamaha em 1887 chegou ao Brasil em 1973 e desde então goza de grande reputação pela qualidade e competitividade no preço de seus instrumentos desde o mais simples deles.

O modelo examinado aqui é o Yamaha C 80, pertencente à série C. Poderíamos dizer que é a série mais barata da marca encontrada em solo nacional, explicitamente voltada para o público estudante, mas que mesmo assim apresenta instrumentos com a qualidade típica da Yamaha. O violão é fabricado na Indonésia.

O modelo em questão se apresenta com acabamento brilhante (Gloss Finish) muito bem realizado. Ao tocar o violão se percebe que a projeção é muito boa em comparação até mesmo com outros da mesma faixa de preço. É um violão confortável de tocar e não apresenta trastejamentos(1). O instrumento estava com cordas de tensão(2) média e sua ação(3) também estava num ponto muito bom, pois não deixa as cordas baixas a ponto de trastejar, nem altas a ponto de ser desconfortável para a mão esquerda.

Sua escala possui trastes finos bem colocados e vem com bolinhas brancas na parte superior para guiar nas casas. O violão se mostra ainda com uma sonoridade equilibrada entre graves e agudos, uma grande vantagem em relação a diversos violões que apresentam uma diferença imensa entre as regiões grave-médio-agudo.

Enquanto o teste se realizava o violão se manteve bem afinado. Ele vem com tarraxas douradas com pegadores em madrepérola que são razoavelmente confortáveis na hora de afinar.

Para resumir, é possível dizer que o violão Yamaha C 80 é uma forte opção de aquisição para aqueles que se disponham a pagar um pouco mais por um instrumento muito melhor. É um violão que pode ser usado durante muito tempo para seus estudos e certamente não decepcionará.

Legenda:

(1) - Dizemos que uma corda está trastejando quando ela encosta no traste e faz um barulho metálico e tremido, prejudicando a sonoridade. Violões com ação muito baixa são mais fáceis de tocar mas tem maior possibilidade de trastejamento.

(2) - Tensão é a força que estica as cordas. Quanto maior a tensão, maior a força que estica a corda e maior a firmeza. Um tensão muito alta deixa o violão mais "duro", porém dá mais precisão para o instrumentista.

(3) - Ação é o nome dado para a distância entre as cordas e o braço do violão. Quanto maior a distancia entre as cordas e o braço, maior a ação, e maior a dificuldade para tocar.