Acidentes musicais
Matricule-se e veja os vídeos!
Nosso curso de Harmonia tem 37 aulas e 330 alunos matriculados.

Novidades do curso

Vimos na aula anterior que a distância entre duas notas é medida em "TONS".

Também aprendemos que a menor distância possível entre duas notas diferentes é de meio tom.

Vendo o quadro abaixo podemos notar que existem notas cujos nomes ainda são desconhecidos para nós:

DÓ---?---RÉ---?---MI---FÁ---?---SOL---?---LÁ---?---SI---DÓ

Percebam que quando temos uma distância de 1 tom entre duas notas existe uma nota intermediária, que fica a meio tom de distância.

Para denominar essas notas utilizaremos os acidentes musicais, que são 2:

# - Sustenido
b - Bemol

O #(sustenido) é utilizado para deixar a nota original meio tom mais aguda, ou seja, o Dó Sustenido (C#) é meio tom mais agudo que o Dó.

O b(bemol) é utilizado para deixar a nota original meio tom mais grave, ou seja, o Ré bemol (Db) é meio tom mais grave que o Ré.

Analisando as frases acima podemos concluir que a nota intermediária ente Dó e Ré pode se chamar Dó# ou Réb. Essas duas notas tem o mesmo som.

A utilização de um nome ou outro vai depender do contexto musical. Essas regras teóricas serão aprendidas mais adiante em nosso curso.

Por enquanto precisamos apenas entender sobre os acidentes. Confiram como fica a sequencia das notas agora:

Dó---Dó#---Ré---Ré#---Mi---Fá---Fá#---Sol---Sol#---Lá---Lá#---Si---Dó

ou

Dó---Réb---Ré---Mib---Mi---Fá---Solb---Sol---Láb---Lá---Sib---Si---Dó

Reparem que não temos as notas intermediárias entre Mi e Fá, nem entre Si e Dó, pois a distância natural entre essas notas é de apenas meio tom, não havendo espaço para uma nota intermediária. Uma nota Mi#, por exemplo, teria o mesmo som que a nota Fá.