Via Musical Via Musical

        
    

C                              E7                           Am    C7
Alguma coisa acontece no meu coração
         F                                    A7                                      Dm
Que só quando cruza a Ipiranga e a Avenida São João
              G7                                       E7                          Am
É que quando eu cheguei por aqui, eu nada entendi
       D7
Da dura poesia concreta de tuas esquinas
                                                                  Dm    G7
Da deselegância discreta de tuas meninas
  C                                   C7                        F                                        Fm
Ainda não havia para mim Rita Lee, a tua mais completa tradução
C                              G7                            E7    A7
Alguma coisa acontece no meu coração
         D7                                G7                                         C    G7
Que só quando cruza a Ipiranga e a Avenida São João
                C                       E7
Quando eu te encarei frente a frente
                         Am    C7
Não vi o meu rosto
          F                                       A7                                     Dm
Chamei de mau gosto o que vi, de mau gosto, mau gosto
G7                               E7                              Am
É que Narciso acha feio o que não é espelho
         D7
E a mente apavora o que ainda não é mesmo velho
                                                                                          Dm       G7
Nada do que não era antes quando não somos mutantes
    C                             C7                                            F
E foste um difícil começo, afasto o que não conheço
                                                     Fm
E quem vem de outro sonho feliz de cidade
      C                                   G7                     E7    A7
Aprende depressa a chamar-te de realidade
             D7                          G7                                   C       G7
Porque és o avesso do avesso do avesso do avesso
        C                             E7                         Am    C7
Do povo oprimido nas filas, nas vilas, favelas
       F                                A7                                    Dm
Da força da grana que ergue e destrói coisas belas
      G7                          E7                                  Am
Da feia fumaça que sobe apagando as estrelas
       D7
Eu vejo surgir teus poetas de campos e espaços
                                                                              Dm     G7
Tuas oficinas de florestas, teus deuses da chuva
   C                              C7                              F
Pan-américas de Áfricas utópicas, túmulo do samba
                             Fm
Mais possível novo quilombo de Zumbi
          C                               G7                       E7    A7
E os novos baianos passeiam na tua garoa
     D7                          G7                              C
E novos baianos te podem curtir numa boa

[rodape]

Acordes












SA
SA

Jo

oi, esta musica está em que tom? obrigado joão

21/11/2014 às 22:21:46
SA

Allan Sales

Olá João, Obrigado por escrever. A tonalidade é DÓ MAIOR. Abraço Allan Sales

22/11/2014 às 13:22:21
SA

Raimundo Tavares Cavalcante

Allan? o seu trabalho, é magnifico bastante compreensível. ótimo, estudo violão à 2 anos e gostei muito.

21/09/2014 às 13:23:58
SA

Allan Sales

Olá Raimundo. Muito obrigado! Fico muito feliz em saber que você está gostando do nosso curso de violão. Sempre que precisar de minha ajuda é só escrever novamente. Abraço Allan Sales

23/09/2014 às 10:58:39
Ir para a próxima aula

Acordes

Conteúdos relacionados

Ver mais