Luar do sertão
Matricule-se e veja os vídeos!
Nosso curso de Violão Popular tem 373 aulas e 795 alunos matriculados.

Novidades do curso

  • Cama e Mesa

    Nível 18 - Bossa Nova
    Postado em 01/09/2016
  • A flor e o beija-flor

    Nível 36 - Músicas Optativas - Guarânia
    Postado em 22/08/2016
  • Pai

    Nível 27 - Dedilhado
    Postado em 12/08/2016
  • Ritmo Samba-Canção

    Nível 25 - Samba-Canção
    Postado em 16/06/2016
  • Felicidade

    Nível 9 - Ternário dobrado
    Postado em 07/06/2016
G                                    Am                      D                  G
Não há, oh gente, oh não, luar como esse do sertão
                                       Am                      D                  G
Não há, oh gente, oh não, luar como esse do sertão
                                                               Am                                          D                                           G
Oh! Que saudade do luar da minha terra, lá na serra branquejando folhas secas pelo chão
                                                    Am                                         D                                    G
Esse luar cá da cidade tão escuro não tem aquela saudade do luar lá do sertão
                                      Am                       D                  G
Não há, oh gente, oh não, luar como esse do sertão
                                       Am                     D                   G
Não há, oh gente, oh não, luar como esse do sertão
                                                                Am                                                  D                                   G
Se a lua nasce por detrás da verde mata, mais parece um sol de prata prateando a solidão
                                                         Am                                          D                                    G
E a gente pega na viola que ponteia, e a canção e a lua cheia a nascer no coração
                                       Am                      D                  G
Não há, oh gente, oh não, luar como esse do sertão
                                       Am                      D                  G
Não há, oh gente, oh não, luar como esse do sertão
                                                                 Am                                            D                                     G
Coisa mais bela neste mundo não existe do que ouvir um galo triste, no sertão se faz luar
                                                                       Am                                       D                                         G
Parece até que a alma da lua é que descanta, escondida na garganta desse galo a soluçar
                                      Am                       D                  G
Não há, oh gente, oh não, luar como esse do sertão
                                       Am                      D                  G
Não há, oh gente, oh não, luar como esse do sertão
                                                                    Am                                        D                                            G
Ah! Quem me dera eu morresse lá na serra, abraçado a minha terra e dormindo de uma vez
                                                           Am                                        D                                 G
Ser enterrado numa grota pequenina, onde a tarde a sururina chora a sua viuvez
                                       Am                      D                  G
Não há, oh gente, oh não, luar como esse do sertão
                                      Am                       D                  G
Não há, oh gente, oh não, luar como esse do sertão
[rodape]

Acordes