Captação
Matricule-se e veja os vídeos!
Nosso curso de Qual violão comprar? tem 20 aulas e 1 alunos matriculados.

Novidades do curso

Para pessoas que constantemente tocam em palcos a escolha deve ser baseada principalmente na qualidade do som do violão ligado às caixas de som.

Uma das maiores dificuldades do violão acústico captado é a microfonia gerada entre o som da caixa acústica do violão e o das caixas de som. Violões com caixas menores (e consequentemente com menos som acústico) tem esse problema diminuído.

Alguns modelos tem o corpo mais fino e não tem boca, sendo criados especificamente para reduzir o problema da microfonia. Vejam na figura abaixo o violão Godin Multiac ACS-AS Slim que é um bom exemplo de instrumento projetado para palcos. Seu som acústico não é tão bom, mas o resultado da sonoridade quando ligado é excelente.


Foto: http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-649976019-violo-godin-multiac-nylon-acs-sa-slim-natural-c-bag-5651-_JM

Uma solução muito inteligente encontrada por algumas marcas foi fazer um violão sem corpo, apenas com o braço e as cordas.

Nesse caso o som acústico é zero, para treinar é preciso utilizar fones de ouvidos ligados ao violão. Em compensação, quando ligados, não há problemas com retornos ou microfonias.

A foto abaixo é do modelo Yamaha Silent SLG 110N.


Foto: http://img.photobucket.com/albums/v310/Billy_Yard/yamahasilent.jpg

Para violões que possuem um corpo, uma alternativa para diminuir a microfonia é a utilização de um tampão na boca do violão, isso diminui consideravelmente o problema.

Vejam na figura abaixo um exemplo do tampão da Tagima.


http://lista.mercadolivre.com.br/acessorios-violoes-outros/tampa-para-boca-de-violao

Já que o objetivo seria tocar com o violão plugado, precisamos estudar com mais calma as possibilidades de captação. Existem quatro principais possibilidades para a captação do som de um violão.

Captação pela boca



A primeira é a captação pela boca, com um captador magnético que capta a vibração das cordas. É a forma mais barata, de fácil instalação e remoção.

Nas figuras abaixo temos o exemplo de um captador magnético da marca Fishman.


http://www.harmonycentral.com/expert-reviews/fishman-blackstack-soundhole-pickup


http://www.harmonycentral.com/expert-reviews/fishman-blackstack-soundhole-pickup

A sonoridade não vai ser muito boa, pois o som não vai ser o que costumamos ouvir (gerado pelas madeiras do violão), mas sim o som puro da vibração das cordas. Vai ficar mais parecido com o som de uma guitarra. É mais indicado para utilização em violões com cordas de aço. Para violões com cordas de náilon a captação seria muito baixa, pois por ser magnético o captador não conseguiria identificar muito bem a vibração do náilon das cordas, principalmente das cordas agudas que não possuem revestimento.

Uma vantagem dessa forma de captação é o baixo custo e a pouca microfonia gerada. Seria o ideal para algumas ocasiões isoladas, como reuniões familiares com muitas pessoas, onde apenas o som acústico do instrumento não fosse alto o suficiente para ser ouvido.

Captador de contato



A segunda opção é um captador de contato, que vai captar o som do tampo do violão. A instalação também é muito simples, ele tem material adesivo que permite a rápida colagem, que deve ser próxima ao cavalete.


Foto: https://en.wikipedia.org/wiki/Pickup_(music_technology)

A sonoridade será ótima, bastante fiel ao som do violão acústico. A desvantagem é a maior geração de retorno. Esse captador também pode servir como “captador de emergência” para violões acústicos, devido à facilidade de instalação e remoção. Para violões com cordas de náilon seria melhor utilizar o captador de contato do que o captador magnético.

Vale lembrar que as duas primeiras opções não são definitivas. Se o seu violão não for elétrico pode ser uma boa opção comprar um captador magnético de boca ou então um captador de contato e deixar guardado para alguma eventual necessidade.

Captação de rastilho



A terceira opção é a captação de rastilho, com uma peça que fica abaixo do rastilho e capta o som, enviando para as caixas. Essa é uma solução mais completa e definitiva para captar o som de seu violão.


Foto: http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-671008821-captador-rastilho-fishman-23mm-narrow-p-violo-6-cordas-_JM#redirectedFromParent

Podemos ter um sistema com uma única peça captando o som de todas as cordas, ou um sistema de captação individual por corda (que é mais interessante). Nesse segundo caso existe a possibilidade de termos uma captação ativa, com utilização de bateria 9 volts. A captação ativa vai permitir a equalização e o aumento do ganho. Esse tipo de captador é o mais comum hoje em dia, já vindo instalado nos violões.

Vejam o exemplo desse conjunto Fishman de captação pelo rastilho, com equalizador e afinador.


Foto: http://br.vazlon.com/captador-piezo-de-rastilho-fishman-acoustic-matrix-narrow

A captação de rastilho passiva (sem utilização de bateria) tem um custo menor, mas oferece um volume (que chamamos de ganho) muito menor.

Muitos violões vem hoje com o captador na lateral, onde podemos colocar a bateria, permitindo ao músico uma equalização previa do som antes de enviar o sinal para as caixas.

Há aqueles que preferem um violão apenas acústico, evitando o corte da lateral para a instalação do captador. Nesses casos, para não apelar para as soluções paliativas dos captadores de boca ou de contato (que não oferecem resultados expressivos), a solução seria a utilização de um microfone condensador direcional. Essa seria o quarto modo de captação possível.

Microfones condensadores



Os microfones condensadores são bem mais caros que os comuns, mas oferecem um resultado incrível com menos retorno (microfonia) que os microfones comuns, pois não captam todo o som do ambiente, apenas captam o som do local para onde estão direcionados.

Nesse caso poderíamos ter um violão sem captação alguma sendo utilizado em um palco, com boa sonoridade. Essa opção é a mais utilizada em estúdios, onde o músico não precisa ter muita mobilidade. Nos palcos funcionaria em apresentações mais intimistas, onde não há a necessidade de muita movimentação do músico e não temos um volume sonoro muito grande de outros instrumentos.

Nas figuras abaixo temos um microfone AKG condensador.



Foto: http://www.teclacenter.com.br/audio/pro-audio-live/microfone/akg-perception-170-microfone-de-voz-viol-o-e-bateria.html#especificacoes

Se você está procurando um violão para tocar em palcos, ou sempre ligado em caixas de som, analise as possibilidades acima e escolha a melhor forma de captar o som.